28 de setembro de 2010

Invictus

Após alguma ausência, digo, o mundo permanece redondo.

Acredito e logo me arrependo.
Querer gostar de algo, e não puder tê-lo.
Não é fácil de compreender,
pois tão pouco eu entendo;
Talvez amanha acorde diferente, talvez me torne mais resistente.
E espero, voltar a ser aquele que ninguém conhece,
pois é esse quem mais me favorece.
E espero voltar a ver o sol raiar;
Sem lágrimas nos olhos,
para que me possa lembrar:
Que afinal,
Sou eu quem mais me quero,
Concretizar!