15 de setembro de 2011

Segredo

Segredo-me sem saber,
porque o que sinto
é estranho de descrever.

Não sei se avance
em dizer, com medo e tanto
prefiro não fazer.

Procrastinar e continuar
a guardar, talvez entenda que sim,
só assim, não me vá magoar.